Drawdown

O que é Drawdown (DD) em finanças

O que é Drawdown?

Qualquer trader terá aprendido que a paciência é um dos atributos mais importantes a ter no mercado. Mas ser paciente demais também pode ter seus pontos negativos, por isso é importante entender as várias dinâmicas e variáveis que podem sinalizar para você quando basta. É por isso que analisar os drawdowns é muito importante para qualquer trader.

No comércio financeiro, um saque se refere ao quanto uma conta caiu de seu auge para seu auge em termos de capital ou montante de investimento.

Considere isto: Investe-se uma quantia substancial de dinheiro, US$100.000, em uma carteira de ações de tecnologia como Facebook, Google, Twitter e Apple. As ações tecnológicas são conhecidas por serem particularmente voláteis, e isto se refletirá também em sua carteira.

Sua conta provavelmente testemunhará quedas e altas repentinas à medida que os preços das ações subjacentes flutuam no mercado. Digamos que a volatilidade faz com que sua conta caia para US$90.000, mas uma tendência de alta anterior fez com que sua conta atingisse o pico de US$120.000.

Agora, a aquisição é calculada a partir do pico que a sua conta alcançou ($120.000) e não do seu capital inicial ($100.000). Portanto, neste caso, a captação experimentada é de US$30.000 (US$120.000 – US$90.000).

A entrega é medida durante um período específico, entre duas datas distintas. A descolagem pode ser expressa em valores em dólares (como acima) ou em percentagem.

Assim, a fórmula para calcular o saque como uma porcentagem é a seguinte:

Drawdown (DD) % = ((Pmax – Pmin) / Pmax)) * 100

onde

Pmin = = baixa histórica (trough)

Pmax = Alta histórica (pico)

As declarações referem-se ao declínio do capital na conta de um comerciante, ou mais especificamente, à deslocação de um determinado pico para um determinado canal. Uma calha não pode ser definida até que um novo pico seja atingido.

É ainda importante compreender que uma redução não é uma perda. Uma desvalorização é simplesmente a mudança de um pico para uma calha, enquanto os comerciantes consideram uma perda em relação ao montante do montante inicialmente depositado como capital.

Inscreva-se em uma conta de trading na AvaTrade e calcule o Drawdown em sua conta tarding

É possível ter uma carteira geral rentável, mas ainda assim sofrer uma desvalorização. Considere isto: tem uma nota de $100.000 que cresce para $150.000. Depois disso, experimenta uma série de negócios perdidos que deixam a sua conta com $125.000.

A sua conta ainda é rentável ($25.000 em lucros iniciais de capital de $100.000), mas também sofreu uma descolagem ($25.000 do pico de $150.000). A sua carteira pode ter devolvido um lucro de 25%, mas durante o mesmo período sofreu uma desvalorização de 16,7%.

As saídas representam um risco para os investidores em termos de quanto esforço ou variação de preços são necessários para os ultrapassar ou regressar ao pico inicial. É por isso que os investidores assistem a desvalorizações cuidadosamente e mudam as estratégias comerciais quando as coisas ameaçam descontrolar-se.

Por exemplo, uma redução de 1% não levantará qualquer preocupação, uma vez que requer apenas um ganho de ~1,01% para superá-la. Mas um saque de 50% (perder metade da sua conta) exigirá um ganho de 100% (duplicando a sua conta) para superá-la.

Por que Drawdowns são importantes no investimento?

A gestão de risco é muito importante no investimento ou na atividade de trading. É o que o mantém no jogo. Ao desenvolver uma estratégia, os comerciantes procuram ter uma que lhes dê uma vantagem nos mercados.

Uma estratégia que tenha, digamos, uma taxa de sucesso de 80%, não implica que 8 em cada 10 negócios serão lucrativos. Haverá, inevitavelmente, períodos em que haverá uma série de perdas. É aqui que entram os drawdowns.

As desvalorizações fazem parte de qualquer atividade de tranding, e qualquer plano de gestão de risco deve detalhar como lidar com eles de forma eficaz, de modo a não comprometer a carteira

Aqui estão os principais pontos dos drawdwons:

  • Eles podem ser expressos em porcentagens ou termos monetários absolutos.
  • Eles medem o quanto uma conta de negociação está abaixo de seu pico antes de recuperar-se de novo até o pico.
  • O risco de Drawdown se refere à porcentagem que uma conta de negociação deve ganhar para superar o impacto ou dano causado por um saque. Um drawdown de 1% representa ~1,01% de risco de drawdown, que é a porcentagem que a conta deve ganhar para se recuperar do drawdown. Um drawdown de 20% representa um risco de drawdown de 25%, enquanto um drawdown de 50% representa um risco de drawdown de 100%.

Comentários sobre avaliações

Todos os investidores devem saber avaliar as desvalorizações para mitigar eficazmente os riscos que representa. Dependendo da classe de ativos que está a negociar, o risco de desvalorização é limitado pela avaliação da diversificação de uma carteira, bem como pelo esforço necessário para superá-lo.

Um negociador de ações, por exemplo, desejará mitigar o risco de drawdown através da diversificação de sua carteira em diferentes setores.

Um negociante de criptomoedas irá atenuar o risco de levantar dinheiro, equilibrando as moedas estabelecidas, os estábulos e os altcoins.

Um comerciante forex quererá reduzir o risco de redução, avaliando a exposição ao risco de pares de moedas maiores, menores e exóticos. Diversificar um portfólio em diferentes classes de ativos também pode ajudar a mitigar o risco de desvalorização.

A janela de recuperação é também uma consideração chave na avaliação do risco de drawdown. Este é o tempo que leva para recuperar ou superar o drawdown experimentado. A janela de recuperação irá variar dependendo do tipo de ativos que você negocia, assim como de seus objetivos comerciais.

Pode levar muito menos tempo para recuperar drawdowns nos mercados de CFDs, como o Forex, em comparação aos mercados tradicionais, como o de ações e títulos.

Há também o aspeto da desatenção máxima. Todos os investidores prudentes terão um nível máximo de redução para a sua conta ou carteira. Quando este nível está prestes a ser atingido, o investidor pode tomar as medidas necessárias para proteger a sua conta.

As medidas podem ser tão drásticas quanto mudar toda uma estratégia ou tão práticas quanto reduzir o valor da participação, apertar as perdas de parada ou evitar ativos voláteis.

Por exemplo, considere um comerciante forex que estabeleceu uma redução máxima de 20%. Se a desvalorização exceder 15%, o comerciante pode decidir reduzir a dimensão do lote negociado, ou mesmo evitar ativos de risco, tais como ETFs alavancados e pares de moedas exóticas.

Além do investimento, a desvalorização pode ser aplicada mesmo no mundo bancário no que diz respeito ao crédito. Por exemplo, se você se qualificar para uma hipoteca de até $100.000, você pode decidir usar toda a linha de crédito ou apenas uma parte dela.

Se pedir emprestado o valor total disponível, também será responsável por juros ou quaisquer outras comissões e comissões associadas com base no valor total. Mas se limitar o valor do crédito a que está a aceder, também está a limitar a sua dívida ou responsabilidade.

Assim, neste contexto, um pedido de saque é efetivamente um pedido de empréstimo, e um risco de saque é toda a sua obrigação de reembolsar o empréstimo. Isto mostra que o conceito de levantamento de crédito pode ser aplicado tanto em empréstimos pessoais quanto em empréstimos comerciais.

A avaliação da aquisição é um aspeto importante da gestão dos riscos. O desenho é avaliado com base num período específico e os investidores podem atenuar o seu risco estabelecendo um nível máximo de desenho ou diversificação efetiva de uma carteira.

Um bom investimento, portanto, é aquele que, apesar dos riscos de mercado e das realidades de saque, ainda é capaz de oferecer uma taxa de retorno maior. O conceito de drawdown pode ser aplicado em todos os tipos de ativos, assim como no crédito pessoal e comercial.

Perguntas frequentes sobre Drawdowns

  • O que é um bom drawdown?

Isto depende inteiramente da tolerância ao risco individual ou do tipo de personalidade. Um comerciante agressivo pode tolerar um nível de desvalorização mais elevado, enquanto um investidor conservador tolerará um nível de desvalorização mais baixo. No entanto, recomenda-se sempre aos investidores e comerciantes que a desvalorização se mantenha abaixo do nível de 20%. Ao estabelecer um nível máximo de desvalorização de 20%, os investidores podem negociar com tranquilidade e tomar sempre decisões significativas no mercado que, a longo prazo, protegerão o seu capital.

  •  Qual é a diferença entre o drawdown na negociação e o drawdown na banca?

O drawdown tem aplicações tanto em investimentos/negociações quanto em operações bancárias. No comércio ou investimento, o drawdown se refere à redução do capital social. É essencialmente a diferença entre o valor de patrimônio líquido máximo que sua conta atingiu e o nível de patrimônio líquido mais baixo atingido dentro de um período especificado. No mundo bancário, o drawdown refere-se ao acesso gradual de parte ou eventualmente de toda uma linha de crédito. Isto significa que no investimento, o saque determina seu nível de risco, enquanto que, no setor bancário, o saque determina seu nível de responsabilidade.

  •  Como você pode reduzir seu levantamento de crédito?

Como mencionado acima, é importante definir sua tolerância ao risco e decidir quando é o momento de reduzir seu nível de drawdown. A primeira estratégia que os investidores usam para reduzir o drawdown é diversificar uma carteira de forma eficiente. Esta é uma das razões pelas quais os fundos mútuos se diversificam extensivamente. Eles sacrificam uma lucratividade potencialmente maior para a estabilidade da carteira. Outra maneira de reduzir o drawdown é reduzindo o nível de alavancagem, especialmente no mercado de CFDs, onde os níveis de alavancagem podem chegar a 1:1000. A alavancagem é uma espada de dois gumes porque amplia os lucros tanto quanto amplia as perdas. Nos mercados financeiros, manter posições por períodos mais longos expõe uma carteira a riscos de mercado que podem aumentar os drawdowns. Mas isto pode ser mitigado pelo uso de menores montantes de participação ou tamanhos de negociação. A utilização de ferramentas de controle de risco, tais como parar as perdas e obter lucros, também pode ajudar a reduzir os drawdowns.

Registre-se na AvaTrade e controle seu drawdowns de forma eficaz!