O que são índices?

Junte-se a nós em uma exploração da negociação de índices. Saiba como esses benchmarks impactam a negociação e influenciam as decisões de negociação em
nosso guia informativo.



Índices são instrumentos financeiros projetados para rastrear o desempenho geral dos preços de uma cesta de ações. Um índice usa uma medida estatística de mudança para refletir o desempenho geral das ações definidas de maneira efetiva.

Por exemplo, o S&P 500 é um índice amplamente conhecido e popular. Ele é projetado para rastrear o desempenho de 500 das maiores empresas listadas publicamente nas bolsas de valores dos EUA. Se o preço do S&P 500 subir, indica claramente que o mercado de ações em geral está otimista (com tendência de alta), ao passo que um preço em queda indica que o mercado em geral está pessimista (com tendência de baixa).

Os índices atuam como referências (benchmarks) do desempenho do mercado de ações em diferentes regiões, setores ou qualquer nicho relevante, dependendo da sua composição. Eles são amados por traders que buscam simplicidade ao tomar uma posição geral nos mercados sem precisar gerenciar muitas posições individuais.

Por exemplo, se você está bullish (otimista) em relação ao mercado do Reino Unido, pode simplesmente comprar um dos seus principais índices, tais como o FTSE 100. Além da simplicidade, os índices também possuem outros benefícios, tais como: Diversificação eficiente, Ampla exposição ao mercado, Ação de preço suave e Alta liquidez.


Como os Índices são compilados?

Um índice é definido por seus componentes ou, antes, pelas ações que o compõem. Os índices podem ser amplos e conter um grande leque de ações de uma indústria ou podem ser específicos de um determinado nicho. Os diferentes tipos de índices incluem:

  • Índices Globais
  • Índices do mercado de ações global são compostos de ações de todo o mundo. Um exemplo é o Dow Jones Global Titans 50, que rastreia 50 entre as maiores e mais negociadas ações na NYSE, ASE, Nasdaq, Euronext, LSE e Bolsa de Tóquio.

  • Índices Regionais
  • Índices regionais são compostos por ações de regiões específicas, tais como América do Sul, Europa ou Ásia. Um exemplo é o Euro STOXX 50, que mede o desempenho de 50 ações de 11 países da zona do euro.

  • Índices Nacionais
  • Índices nacionais são compostos por ações de um único país. Um exemplo é o MSCI Brazil, que rastreia o desempenho geral de 55 das maiores ações listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA).

  • Índices Setoriais
  • Índices Setoriais

    Estes índices rastreiam o desempenho de determinadas ações de uma indústria ou setor específicos. Alguns dos principais setores incluem: Energía, Tecnología, Financeiro, Indústria e Saúde

    Os setores podem ser tão amplos quanto saúde ou nichos como biotecnologia. Um exemplo é o Global Cannabis Giants Index (índice BGCANG), que foi desenvolvido para rastrear o desempenho das ações das 20 maiores empresas listadas que estão expostas à indústria da canábis.

    Os índices do mercado de ações são muito populares, embora as ações não sejam os únicos ativos financeiros que podem ser indexados.

    Também existem índices disponíveis para ativos como: REITs (Real Estate Investment Trusts), títulos, commodities, fundos de hedge e muito mais…

    A ideia dos índices é fornecer ao trader uma exposição global a determinados segmentos amplos ou estreitos de uma economia ou mercado.


Como os Índices são calculados?

Os índices são compilados de maneira a fornecer liquidez, fácil replicabilidade e máxima exposição aos mercados. Há sempre critérios estabelecidos para determinar a inclusão ou exclusão de ações, bem como seu peso em um índice. O peso se refere a quanto uma ação específica contribui para o índice geral.

Na maioria dos casos, haverá também rebalanceamentos periódicos para garantir que um índice permaneça fiel aos seus objetivos. Poderá haver também um divisor ou multiplicador matemático especial aplicado para garantir que certos objetivos de investimento de um índice sejam alcançados.

O preço de um índice depende de seus componentes. Existem geralmente 2 métodos para determinar o peso das ações nos índices:

1. Capitalização de Mercado

Capitalização de Mercado

Um índice ponderado pela capitalização de mercado é projetado de maneira a dar maior peso para ações que tenham maior capitalização de mercado. Por exemplo, a ação A, com uma capitalização de mercado de US$ 10 bilhões, terá um peso maior em um índice em comparação com a ação B, a qual tem uma capitalização de mercado de US$ 3 bilhões.

A maioria dos principais índices é compilada dessa maneira. Porém, pode haver algumas variações, tais como índices que consideram todas as ações pendentes listadas no mercado (índices de capitalização de mercado de flutuação livre), bem como índices do mercado completo, que consideram tanto ações ativas quanto inativas. Exemplos de índices ponderados pela capitalização incluem o S&P 500, o TSX Index e o CAC40.

2. Preço

preço ponderado

Um índice ponderado por preço é projetado de tal forma que as ações com preços mais altos têm um peso maior do que ações com preços mais baixos, independentemente da capitalização de mercado. Um exemplo famoso de índice ponderado por preço é o DJIA (Dow Jones Industrial Average).

Existem também outros métodos usados para compilar índices, tais como:

  • Pesos iguais - Um índice de pesos iguais atribui o mesmo peso para todos os componentes das ações. Nesse caso, se um índice tem 10 componentes, então cada ação tem um peso de 10%.
  • Peso fundamental: - um índice com peso fundamental atribui pesos maiores aos componentes que possuem melhores fundamentos. Por exemplo, uma ação pode ter um peso maior em um índice com peso fundamental se ela possuir melhores métricas de desempenho, tais como relação preço-lucro, fator de lucro e pagamento de dividendos.

Índices mais negociados

índices mais negociados do mundo


ÍndicePaísHorário de Negociação (GMT)Os 5 principais pesos do setorConstituintes Notáveis
S&P 500US22:00-20:59 Tecnologia: 27%
Saúde: 14%
Finanças: 12%
Discricionário do Consumidor: 11%
Indústria: 9%
Apple
Amazon
Walmart
Meta
ExxonMobil
DJIA (Dow Jones Industrial Average)US22:00-20:59 Saúde: 20%
Finanças: 20%
Tecnologia: 17%
Indústria: 14%
Discricionário do Consumidor: 13%
Goldman Sachs
Home Depot
Visa
Microsoft
Caterpillar
Nasdaq 100US22:00-20:59 Tecnologia: 52%
Serviços: 24%
Saúde: 15%
Bens de consumo: 5%
Indústria: 3%
Adobe
Tesla
Airbnb
Starbucks
Apple
FTSE 100UK00:00-19:59Bens de consumo: 19%
Finanças: 17%
Energia: 13%
Saúde: 12%
Materiais: 12%
Shell
Barclays
HSBC
AstraZeneca
British American Tobacco
DAX 40Alemanha00:15-19:59Indústria: 23%
Finanças: 17%
Tecnologia: 14%
Bens de consumo: 13%
Saúde: 10%
Siemens
Puma
Mercedes-Benz
BMW
Airbus
Nikkei 225Japão23:30-06:24 e 06:55-20:44Discricionário do Consumidor: 20%
Indústria: 19%
Tecnologia: 19%
Saúde: 13%
Comunicações: 11%
Sony
Nippon
Mitsubishi
Softbank
Toyota

O Que é Negociação de Índices?

Negociação de índices é simplesmente a compra e venda de vários índices. Os traders especulam se um índice irá subir ou descer e tomam uma posição. Quando compra um índice, você está exposto ao desempenho geral dos seus componentes sem de fato comprar as ações individualmente.

Tradicionalmente, os índices têm sido vendidos como veículos de investimento passivo e têm sido negociados usando diversos instrumentos, tais como Fundos de Índice e ETFs.

  • Fundos de Índice: - investimentos agrupados que são projetados para rastrear o desempenho de um índice em particular. Eles têm um gestor de fundo cuja única responsabilidade é garantir que o índice seja rastreado de forma eficiente para otimizar o retorno. A maioria dos fundos de índice tende a ter um requisito mínimo de investimento mais alto, possuindo também taxas de gerenciamento.
  • ETFs (Electronically Traded Funds , ou "Fundos Negociados Eletronicamente" em português) - são semelhantes aos Fundos de Índice porque também são investimentos agrupados que rastreiam o desempenho de um índice. Contudo, os ETFs estão disponíveis nas bolsas de valores e podem ser negociados tal como as ações. Em essência, você pode simplesmente comprar uma unidade de um ETF e ganhar exposição a todos os seus componentes. A maior diferença entre os ETFs e os Fundos de Índice é que os primeiros podem ser comprados e vendidos ao longo do dia (assim como as ações), enquanto os segundos só podem ser negociados usando preços estabelecidos ao final de um dia de negociação.

CFDs de Índice

Os índices também estão disponíveis para negociação como CFDs. Os CFDs (Contracts for Difference , ou "Contratos por Diferença" em português) são derivativos financeiros (produtos) que permitem que os traders especulem sobre o preço de um ativo subjacente sem tomar posse dele.

Um trader simplesmente especula sobre o preço de um índice comprando ou vendendo e pode obter lucros negociando tanto preços em alta quanto em baixa. Os CFDs também são produtos alavancados, o que significa que os traders podem aumentar significativamente sua exposição nos mercados mesmo com pequenas quantias de capital.

A AvaTrade oferece uma ampla variedade de CFDs de Índice, cobrindo muitos dos principais países, mercados e setores. Alguns dos Índices mais populares na AvaTrade incluem: US500, US Tech 100, CAC 40, DAX 30, UK100, Nikkei 225, China A50, Cannabis Index e muitos outros…


O Que Movimenta os Preços dos Índices?

Os preços dos índices são determinados pelas mudanças nos preços dos seus componentes. Isso significa que existe uma forte correlação entre o desempenho de um índice e os preços das principais ações constituintes. Alguns dos fatores capazes de movimentar os preços dos índices incluem:

  • Sentimento Geral do Mercado
  • A estrutura dos índices permite que eles sirvam como benchmarks do mercado de ações. Uma vez que são compostos por diversas ações, eles tendem a refletir o sentimento geral do mercado. Assim, por exemplo, se o mercado em geral está otimista, um índice subjacente tenderá a ver seus preços aumentarem.

    Alguns dos fatores que podem influenciar o sentimento do mercado incluem:

  • Relatórios de notícias das empresas
  • Notícias sobre empresas com peso significativo dentro de um índice podem influenciar a direção geral do seu preço. Algumas das notícias de empresas com maior impacto incluem:

  • Relatórios de ganhos
  • A maioria dos índices são rebalanceados periodicamente. Esse rebalanceamento pode causar a inclusão de novas empresas no índice enquanto outras são retiradas. Esse rebalanceamento pode também incluir o aumento ou a diminuição no peso de certos componentes do índice.

    O período entre a data do pré-anúncio e o efetivo rebalanceamento e o período pós-rebalanceamento podem ser muito voláteis para os preços dos índices dependendo dos eventos esperados.

  • Desempenho Setorial
  • O desempenho de um setor pode influenciar o desempenho geral de um índice. Por exemplo, a Tecnologia tem um peso setorial de cerca de 27% no S&P 500. Se o setor enfrentar condições econômicas difíceis e os preços das ações de tecnologia caírem bruscamente, isso também provocará perdas nos preços do S&P 500.

  • Preços das Commodities
  • As commodities sustentam muitas atividades econômicas de diversas empresas. Muitos índices incluem as ações de empresas de commodities. Por exemplo, o UK FTSE 100 tem cerca de 13% do seu peso em energia. Portanto, mudanças no mercado de commodities podem ter influência no preço geral de um índice.

  • Eventos Políticos
  • Por serem benchmarks amplos, os índices estão vulneráveis a grandes eventos políticos, tais como eleições, guerras comerciais ou conflitos entre países. Por exemplo, o Brexit causou a volatilidade no mercado de índices do Reino Unido.

Por Que Negociar Índices?

Os índices oferecem diversas vantagens práticas aos traders. Elas incluem:

  • Fácil Diversificação
  • Os índices proporcionam uma maneira rápida de diversificar o seu portfólio. Por exemplo, ao negociar o índice S&P 500, você está efetivamente exposto às ações de diversas empresas de ponta, tais como Apple, Amazon, Tesla, Meta, Visa etc. Você não precisa comprar diversas ações individuais para obter exposição ao seu desempenho.

  • Exposição Ampla e Direcionada nos Mercados
  • Os índices permitem que os traders obtenham o tipo de exposição que eles desejarem nos mercados. Por exemplo, você pode negociar um índice nacional, como o ASX200, para obter exposição às economias da Austrália e da Ásia. Por outro lado, você pode comprar um índice de nicho menor, como índices de commodities, para obter exposição aos mercados de petróleo e ouro.

  • Tendências de Preço Claras
  • Os índices tendem a ter comportamentos de preço suaves e previsíveis. Geralmente não há risco de mudanças de preço bruscas e repentinas por causa da quantidade de ações que impactam o preço geral.

    Apenas grandes eventos que impactam os mercados em geral resultarão em ações de preço instáveis, tais como a pandemia de COVID, que causou uma espiral nos mercados.

    As tendências dos índices também costumam ser de longo prazo, tornando mais fácil para os traders aplicarem uma estratégia de negociação apropriada a qualquer momento.

  • Alta Liquidez
  • Os índices são instrumentos financeiros altamente líquidos, graças à oferta e à procura consistentes. Essa liquidez garante que eles possam ser negociados ativamente durante todas as sessões de negociação relevantes, com baixos spreads e preços transparentes.

  • Vasta Cobertura no Noticiário
  • Pelo fato dos índices servirem de benchmarks, eles estão entre os instrumentos financeiros mais amplamente cobertos pelo noticiário. Geralmente é muito fácil encontrar informações sobre qualquer um dos principais índices.

    Essa vasta cobertura no noticiário também ajuda o trader a obter pistas sobre o sentimento geral de um índice, bem como identificar insights técnicos e fundamentais importantes.

  • Benchmarking
  • Os traders também podem usar os índices para outros propósitos, tais como: calibrar o sentimento do mercado, analisar a confiança do investidor e avaliar a relação risco-recompensa de um setor ou indústria. Alguns traders usam os índices para modelar seus próprios portfólios pessoais e fazer um benchmark do desempenho de ações em seus respectivos setores.

    Sua próxima etapa na negociação de índices está aqui! Você conhece o básico, agora vamos desenvolver isso. Descubra dicas e estratégias avançadas em nosso guia "Como negociar índices". Aprenda como os índices são negociados, o que afeta seus preços, quando é o melhor momento para negociá-los e analise um exemplo de negociação de índice com resultados! Tornamos o aprendizado da negociação de índices simples e eficaz.

    Por Que Negociar Índices com a AvaTrade?

    • Regulamentação Global: - A AvaTrade é licenciada e regulamentada em muitas das principais jurisdições ao redor do mundo. Isso significa que você pode negociar com toda a paz de espírito, sabendo que está negociando com uma corretora respeitável e regulamentada.
    • Múltiplas Plataformas de Negociação: - Aproveite a flexibilidade de negociar índices com diversas das nossas plataformas convenientes, incluindo MT4, MT5, WebTrader e AvaTradeGO.
    • Negociação de CFD: - Negocie CFDs de Índice e tire proveito da alavancagem de até . Com CFDs de Índice, você pode capitalizar nos mercados tanto em alta quanto em queda.
    • Recursos Educacionais Abrangentes : - Nosso Centro de Educação oferece diversos recursos educacionais para ajudá-lo a desenvolver e aprimorar sua educação e habilidade para a negociação de índices. Você também pode aprender sobre as características dos diferentes índices e as melhores estratégias para negociá-los.
    • Condições de Negociação Favoráveis: - Negocie os seus índices preferidos com preços transparentes, baixos spreads e rápida execução a todo momento.
    • Recursos e Ferramentas Práticas de Negociação: - Utilize os recursos úteis da AvaTrade, como o Trading Central, para identificar mais oportunidades nos mercados, além do AvaProtect, para reduzir a exposição a riscos.
    • Excelente Serviço ao Cliente: - Entre em contato com a nossa equipe de serviço ao cliente profissional e ágil para obter assistência profissional imediata.
    • Negociação com Conta Demo: - Use a sua conta demo da AvaTrade para testar, praticar e refinar sua negociação de índices. Depois, mude para sua conta com dinheiro real e comece a ganhar.

Comece a Negociar Índices

Pronto para negociar Índices? Abra uma conta Comece a Negociar Índices AvaTrade agora!

O que são índices - Perguntas frequentes

O que é um índice de ações?

Um índice de ações é uma medida de uma parte do mercado de ações. É calculado a partir dos preços de ações selecionadas, geralmente uma média ponderada. É usado para dar uma indicação da direção geral do mercado.

Quais são os índices de ações mais populares para negociar?

Os índices mais populares para negociação geralmente são aqueles que representam grandes porções do mercado de ações global, como S&P 500, Dow Jones Industrial Average (DJIA), NASDAQ Composite, FTSE 100, Nikkei 225 e DAX.

Qual é a diferença entre negociar ações individuais e negociar índices?

A negociação de ações individuais envolve a compra e venda de ações de empresas específicas, enquanto a negociação de índices envolve a negociação de uma cesta de ações, proporcionando uma exposição mais ampla a um determinado mercado.

Que fatores influenciam o movimento dos índices de ações?

Os movimentos nos índices de ações são influenciados por fatores como indicadores econômicos, taxas de juros, eventos políticos e relatórios de lucros das empresas.

chatbot